Alta complexidade do HBSC em Traumato-ortopedia atende 34 municípios

Alta complexidade do HBSC em Traumato-ortopedia atende 34 municípios

Alta complexidade do HBSC em Traumato-ortopedia atende 34 municípios 04Novembro
.

Foto por

No dia 30 de outubro foi assinada a Portaria que autoriza o repasse dos recursos do estado para o HBSC. Agora com a participação da União, do Estado e dos 34 municípios que o hospital passa a ser referência, os serviços de alta complexidade em traumato-ortopedia são oferecidos à população, numa abrangência de atendimento a 502 mil habitantes.

Primeiramente, até que se complete os trâmites do processo, a alta complexidade está disponível, desde 1º. de novembro, para casos de urgência e emergência. Posteriormente, quando os municípios envolvidos tiverem assinado os termos de cooperação, alcançará também os casos eletivos (agendados).
O valor do contrato para o atendimento de traumatologia e ortopedia por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) é de aproximadamente R$ 420 mil por mês - um terço proveniente da União, um terço do Estado e um terço do conjunto de municípios beneficiados, onde cidades de maior proporção de habitantes terão mais cirurgias à disposição. 
Para assinar a Portaria, esteve na cidade de Farroupilha, a secretária de Saúde do estado, senhora Arita Bergmann. “Hoje é um dia importante, uma vez que a lista de espera para atendimentos nessa área estava muito alta na região. Conseguimos encontrar uma maneira de resolver essa carência unindo esforços dos municípios, do Estado e da União. Desta forma, certamente o Hospital São Carlos vai responder às necessidades da população por meio de atendimentos de urgência e emergência, cirurgias eletivas, consultas e exames nessa área”, disse.
Janete Toigo, superintendente do Hospital Beneficente São Carlos, agradeceu o empenho de todos os envolvidos nesta conquista, lembrando que o trabalho continua. “Nosso objetivo é o bem do paciente, é atender a comunidade. As equipes médicas terão reforço de cerca de 20 profissionais da área cirúrgica de Traumatologia, Neurologia e Vascular”.
O HBSC passará das atuais 400 consultas na área por mês para 900. O número de cirurgias terá acréscimo de 22 procedimentos mensais, passando de 42 para 64. 
O atendimento de alta complexidade em traumato-ortopedia projeta o nome de Farroupilha ainda mais na serra gaúcha e no Estado do Rio Grande do Sul. 
“Estamos vivendo um momento histórico, importante para a serra gaúcha. Há pacientes aguardando uma cirurgia há quase uma década! Este é um ato de dignidade cidadã, que vai muito além da política. É um ato humano e Farroupilha está envaidecida pela qualidade das cidades que estão aqui, parceiras neste serviço de alta complexidade em traumato-ortopedia que o Hospital São Carlos passa a oferecer”, afirmou o prefeito de Farroupilha Claiton Gonçalves. 
Os municípios das microrregiões Vinhedos e Basalto (22) e Uva e Vales (12) que passam a ter o HBSC como referência são: Bento Gonçalves, Boa Vista do Sul, Carlos Barbosa, Coronel Pilar, Cotiporã, Fagundes Varela, Garibaldi, Guabiju, Guaporé, Monte Belo do Sul, Nova Araçá, Nova Bassano, Nova Prata, Paraí, Pinto Bandeira, Protásio Alves, Santa Tereza, São Jorge, União da Serra, Veranópolis, Vila Flores, Vista Alegre do Prata, Alto Feliz, Antônio Prado, Bom Princípio, Farroupilha, Feliz, Flores da Cunha, Ipê, Nova Pádua, Nova Roma do Sul, São Marcos, São Vendelino e Vale Real.


Comentários (0)

Deixe o seu comentário